VEREADOR ACUSA PREFEITURA DE CAMPO MOURÃO DE DESVIO DE DINHEIRO NO TRANSPORTE COLETIVO DE ESTUDANTES

    O vereador Luiz Alfredo da Cunha Bernardo (PT do B), disse nesta manhã, durante entrevista ao “Jornal 100”, da Musical FM, que o transporte coletivo dos estudantes em Campo Mourão “é um dos maiores ralos de desvio de dinheiro” da atual administração. O vereador preside uma Comissão Especial da Câmara, que vem acompanhando a qualidade do serviço no município. 

 

    O relatório final dos trabalhos deve ser apresentando em fevereiro. Apesar de os trabalhos da comissão ainda não estarem concluídos, Bernardo adiantou que a Embracol, empresa que presta o serviço no município, rodou com ônibus vazios para “fechar quilometragens”. Ainda de acordo com ele, o fiscal responsável pela linha é o mesmo da prefeitura. “Vocês vão ver isso no relatório no fim do mês. É uma coisa escrachante”, frisou.


    O vereador comentou que foram concluídos apenas os trabalhos de acompanhamento das linhas. Falta ainda a revisão do contrato majorado, que segundo ele, foi feito fora dos preceitos legais. “A coisa é bem mais séria do que pensam”, ressaltou. Para Bernardo, o serviço prestado na cidade é ‘vexatório’. “A desconsideração no transporte escolar reflete a preocupação do futuro com a cidade". 

 

     "Se você transporta as crianças igual a "porcos" como você acha que vai ser daqui a 10 ou 15 anos? As pessoas dão aquilo que elas recebem”, enfatizou. Bernardo acrescentou que os membros da comissão aguardam para saber se a prefeita Regina Dubay (PR), licitará o serviço exigindo melhores condições, ou se fará uma nova prorrogação do contrato de prestação de serviços. 

 

 

fonte: TaSabendo