ESPORTES: COMEÇA HOJE A COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JUNIOR

 

Abrindo a temporada 2012 do futebol brasileiro, a Copa São Paulo de Futebol Júnior começa nesta terça-feira com oito jogos. Neste ano, a competição sub-18 contará com 96 clubes, divididos em 24 grupos. Os primeiros colocados e os oito melhores segundos de cada chave avançam para a segunda fase do torneio. A decisão está marcada para 25 de janeiro, data do aniversário da cidade de São Paulo.

Além de matar saudades de ver a bola rolando, a expectativa do torcedor é de poder acompanhar as jovens promessas de seus clubes. Atual campeão, o Flamengo vai em busca do tricampeonato da competição – venceu em 1990 e 2011. A base da equipe que conquistou o título no ano passado é a mesma e conta com nomes conhecidos, com passagens pelo time profissional, como Thomás e Muralha. No entanto, apostas como Victor Hugo e Pedrinho dão uma nova cara ao time, que espera se recuperar da péssima campanha no Brasileiro sub-20, quando não passou da primeira fase, em dezembro. A equipe estreia contra o Aquidauanense, do Mato Grosso do Sul, neste terça-feira, às 21h, em São Carlos. O SporTV transmite o jogo.

flamengo campeão copa são paulo (Foto: Marcos Ribolli/Globoesporte.com)

 

- Esperamos uma mudança de postura dos atletas para a competição e esperamos repetir o feito do começo do ano passado. Entramos com responsabilidade ainda maior como detentores do título. Temos de trabalhar o psicológico do grupo para fazer um bom papel. Não vai ser fácil. Vamos contra tudo e contra todos – disse o técnico do Paulo Henrique, campeão com o Rubro-Negro no ano passado.

– A Copinha será uma grande passagem para esses atletas, porque o profissional terá espaço para aqueles que jogarem bem – disse Narciso.Maior campeão da Copinha, com sete títulos, o Corinthians está no Grupo M, ao lado de Desportiva Ferroviária-ES, Juventus-SP e Santos-PB. Uma das grandes atrações da equipe está no banco de reservas. Agora no Timão, após deixar o Santos no ano passado, o ex-jogador Narciso vê a Copa São Paulo como uma grande oportunidade para os jovens atletas mostrarem serviço e cavarem uma vaguinha na equipe profissional.

No Grupo S, ao lado de Bragantino, Grêmio Osasco e Oratório, o Grêmio vai em busca de seu primeiro título na Copinha. Apesar da tradição de revelar grandes jogadores, o Tricolor gaúcho nunca teve sucesso na competição. O clube aposta na experiência do técnico Jorge Parraga, ex-Palmeiras. O treinador, porém, não prevê vida fácil.

 

- O fato de nunca ter vencido a taça é uma motivação a mais para o Grêmio. Queremos buscar finalmente o título. Estamos muito empolgados com o desempenho na Copinha pela preparação realizada. Esperamos fazer uma grande competição. Sabemos que será muito complicado. Precisamos ter muita atenção. O grupo está focado. Eles estão querendo algo a mais do que só participar - frisou Parraga.

Tradição de revelar grandes jogadores

Realizada desde 1969, a Copa São Paulo tem a tradição de revelar grandes jogadores. Nomes como Falcão, Casagrande, Toninho Cerezo, Denner, Djalminha, Kaká e Robinho disputaram a competição antes de despontar em suas vitoriosas carreiras. O último a brilhar na Copinha e vingar entre os profissionais foi o meia Bernardo, hoje no Vasco. Em 2007, ele foi o grande destaque do título do Cruzeiro. Dois anos depois, foi o artilheiro do torneio, com nove gols. Apesar do sucesso, o jovem não foi bem entre os profissionais da Raposa e, após uma rápida passagem pelo Goiás, só ganhou reconhecimento no Rio de Janeiro.

Também em 2009, o Santos apresentou ao país o ataque que encantou o Brasil e conquistou a Copa do Brasil entre os profissionais no ano seguinte. Juntos, Neymar e André marcaram oito gols em cinco jogos, mas caíram junto com o Peixe nas oitavas de final, diante do Cruzeiro.

 

Fonte: Globoesporte