EMPRESÁRIOS FICAM ACORRENTADOS NA CÂMARA MUNICIPAL EM PROTESTO AO LEGISLATIVO

Dois empresários do município de Campo Magro, na região Metropolitana de Curitiba, se acorrentaram a uma coluna da Câmara de Vereadores para protestar, na tarde desta terça-feira (27). Eles se manifestaram contra a liberação de R$ 1,5 milhão do Legislativo à Prefeitura do município.

 

Os dois homens chegaram antes do início da sessão e se acorrentaram em meio ao plenário. A sessão que votou pela liberação da verba transcorreu mesmo com a presença dos protestantes, que alegam falta de transparência. “Esses projetos não têm clareza, o destino não é definido e por a indignação total do povo”, afirmou Miguel Mozzilli.

O prefeito do município José Antônio Paes, cassado pela Câmara de Vereadores e mantido no cargo por uma liminar da Justiça, negou a falta de destinação dos recursos e classificou a ação como um ato orquestrado pela oposição. “É insano isso que eles fazem”, afirmou.
 

Fonte: G1