DEPUTADO OSMAR SERRAGLIO CONFIRMA RECURSOS PARA O HOSPITAL DO CÂNCER DE UMUARAMA

 

O trabalho do deputado Osmar Serraglio, vice líder do Governo na Câmara, na última semana do ano, apresentou resultados positivos para o Hospital do Câncer de Umuarama.  Dois empenhos nos valores de R$ 2.248.196,00 e R$ 269.904,00, respectivamente, autorizados pela Portaria n. 3273 do Ministério da Saúde,  confirmaram a proposta do Governo do Estado, em entendimento com a Ministra Gleisi Hoffmann e com a Bancada Federal paranaense para que os recursos previstos para os hospitais filantrópicos não fossem perdidos, com a mudança de ano.

Os empenhos significam a abertura da ação proposta (que decorre de duas Emendas da Bancada, uma de R$ 25,0 milhões e outra de R$ 15,0 milhões) e garantem o prosseguimento da liberação das verbas orçamentárias em benefício dos hospitais. “Esses empenhos de pequeno valor tiveram o objetivo de assegurar os recursos”, disse Serraglio, que, além da defesa desta proposta, ainda emepenhou R$ 1 milhão de Emenda Individual para o Hospital do Câncer e destinou, já para o orçamento de 2012, Emenda Individual de mais um milhão de reais para o Hospital.

Osmar Serragliio, que ficou até às 18h do dia 30 de Dezembro no Palácio do Planalto, pela persistência foi até entrevistado pelo Jornal da Globo, da Rede Globo. “Foi  a única forma de salvar recursos para o Hospital do Câncer de Umuarama. Nos dias 28, 29 e 30, fui mais de dez vezes ao Ministério da Saúde e de lá ao Palácio do Planalto, no Gabinete da Ministra Gleisi Hoffmann, a fim de ajustar aspectos técnicos, para que o empenho pudesse ser feito. Os deputados estão de recesso, muitos inclusive na praia, mas fiquei  lá de plantão, porque sei  quantas pessoas e famílias serão beneficiadas com essa minha insistência”, disse.

OGU 2012 – Osmar Serraglio está comemorando também a inclusão de mais R$ 8.655.550,00 para o Uopeccan no orçamento Geral da União de 2012, cuja proposta foi levada pelo parlamentar à discussão da Bancada Federal. Deste total, R$ 2.545.750,00 são referentes à Emenda de Bancada n. 71170010, para Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde – Aquisição de equipamentos para Hospitais Filantrópicos do Estado do Paraná, que beneficiará com quantias equivalentes as seguintes instituições de saúde: Hospital do Câncer de Umuarama, Hospital do Cajuru, Hospital Pequeno Príncipe, Hospital Evangélico, Hospital Erasto Gaertner e, Santa Casa de Curitiba, que somam R$30,0 milhões.

A Emenda n. 71170011 destinada a Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde – Aquisição de equipamentos para Hospitais Regionais do Estado do Paraná garante ao Hospital do Câncer de Umuarama o valor de R$ 6.109.800,00, isso em razão das conversações com o Governo do Estado para transformar o Hospital do Câncer em Hospital Regional de Umuarama, o que está em processo bem adiantado. A emenda da Bancada é de outros R$.30,0 milhões.

Para garantir a inclusão de verbas que beneficiem o Hospital do Câncer de Umuarama, Osmar Serraglio teve que ser enfático quando de sua defesa na reunião da Bancada Federal. “Não é possível que toda uma região fique sem nenhuma emenda”, reclamou Serraglio ao insistir na proposta do Uopeccan, posteriormente acatada pelos demais parlamentares, que aceitaram incluir o Hospital do Câncer de Umuarama.

O INÍCIO - Desde seu primeiro ano de mandato, Osmar Serraglio já vislumbrava a construção do Hospital do Câncer em Umuarama. Em 1999 apresentou sua primeira proposta, através da Emenda n.02285 ao Projeto de Lei n. 0019/1999-CN, no valor de R$ 3 milhões para construção do referido Hospital, justificando a proposição pelo fato de Umuarama ser cidade pólo da Região. Nos anos seguintes, enquanto insistia no projeto,   apoiava as Emendas de Bancada, para o Hospital do Câncer - UOPECCAN de Cascavel, por ser quem atendia a Região de Umuarama. Para a região, a única emenda que conseguia era a que previa a construção da Estrada Boiadeira, que agora está incluída no PAC.

A obra do Hospital do Câncer de Umuara terá 14.500 m2, ao custo aproximado de R$ 20 milhões. Outro tanto será gasto com equipamentos para um atendimento diário de 200 pacientes. “Esta é uma obra de fundamental importância para Umuarama e toda a região Noroeste, uma vez que vai evitar que mais de 400 pacientes da região tenham de se submeter a viagens cansativas para o tratamento em centros distantes"  afirmou Vanderley Rosa, que dirige a Instituição em Umuarama, com o apoio dos Rotarys Clubes. “É um sonho que vem há muito tempo e agora estamos prestes a vê-lo se tornando realidade”, conclui o deputado Serraglio.
 
Com o Ministro da Saúde Alexandre Padilha
 
Fonte: Assessoria de Imprensa do Dep. Osmar Serraglio