PASTELARIA EXPLODE NO CENTRO DE CASCAVEL POR VAZAMENTO DE GÁS

12/12/2011 18:17

 

     

      A licença de funcionamento da pastelaria que explodiu depois de um vazamento de gás, na noite de sábado (10) no Centro de Cascavel, no oeste do Paraná, estava vencida desde 2009. De acordo com o Corpo de Bombeiros, como a vistoria estava vencida, a responsabilidade é da prefeitura.

     O dono do estabelecimento e dois funcionários ficaram feridos após a explosão provocada por um vazamento de gás na cozinha da pastelaria. O proprietário de 44 anos teve queimaduras nas costas, nas mãos e no rosto e, nesta segunda-feira (12) ainda, está internado em um hospital. Um trabalhador de 40 anos está internado em observação no Hospital Universitário e passa bem.

 

     A terceira vítima, um funcionário de 24 anos, está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Centro de Queimaduras do Hospital Universitário de Londrina, em estado estável. A explosão destruiu a cozinha e levantou o telhado da pastelaria. Na manhã desta segunda-feira (12), as telhas começaram a ser trocadas. Segundo um sócio-proprietário, um funcionário teria feito a troca dos botijões de gás e houve o vazamento.

 

     O dono que ficou ferido teria tentado fechar o registro, mas não conseguiu evitar a explosão. De acordo com a polícia, foi encontrada uma rachadura em um dos botijões. Várias equipes foram até o local e tiveram que utilizar as lojas próximas à pastelaria para chegar até o incêndio, que foi rapidamente controlado.

 

    Em 30 dias deve ser divulgado um laudo sobre a explosão. A Prefeitura de Cascavel informou que vai fazer um levantamento sobre a situação do alvará de funcionamento da pastelaria.

—————

Voltar