ESPORTES: RESUMO DA 37ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2011

28/11/2011 09:18

 

 

Timão bate Figueirense e está a um empate do penta. Cruz-Maltino vence o Flu no fim e segue no páreo. Veja o mico, o golaço e outros destaques

Liédson, do Corinthians, e Bernardo, do Vasco (Foto: Arte/SporTV.com)

A penúltima rodada do Campeonato Brasileiro foi um teste para cardíacos, principalmente para os torcedores de Corinthians e Vasco. Único time que poderia levantar o caneco neste fim de semana, o Timão cumpriu o seu papel, venceu o Figueirense, por 1 a 0, em Florianópolis, chegou aos 70 pontos e foi por alguns minutos o campeão nacional. No entanto, Bernardo estragou a festa corintiana ao marcar nos instantes finais e selar a vitória do Vasco sobre o Fluminense, por 2 a 1, no Engenhão. Com o triunfo, o Cruz-Maltino segue dois pontos atrás do Corinthians e, pela quarta vez consecutiva, o Brasileirão será decidido na última rodada. O Timão precisa de um empate com o Palmeiras para ser campeão. O Vasco precisa vencer o Flamengo e torcer por derrota corintiana.

O clássico carioca registrou o maior público da jornada: 29.476 pagantes, mas também teve três destaques negativos: o gol perdido pelo atacante Elton na pequena área, os 12 passes errados do meia Deco e seis impedimentos de Diego Souza.

Na briga pela Libertadores, o Flamengo bateu o Internacional por 1 a 0, pulou para a quarta colocação e precisa de um empate no clássico contra o Vasco, para garantir vaga na competição sul-americana. Mas o maior beneficiado neste fim de semana foi o Coritiba, que superou o Avaí, no Couto Pereira, subiu quatro posições e, pela primeira vez, entrou no G-5.

Na parte de baixo da tabela, Cruzeiro e Ceará ficaram no empate e chegam à última rodada brigando contra o rebaixamento, assim como o Atlético-PR, que perdeu para o América-MG por 2 a 1, em Uberlândia. O duelo teve o menor público deste fim de semana (841 pagantes) e um lance desleal do atacante Kempes em cima do volante Marcelo Oliveira, o sarrafo da jornada.

 

Sem vencer há três rodadas, o Flamengo entrou em campo neste domingo, contra o Internacional, pressionado, com a obrigação de vencer para se manter na briga por uma vaga na Taça Libertadores da América em 2012. Se Ronaldinho Gaúcho aproveitou a falha do zagueiro Rodrigo Moledo para garantir os três pontos ao Rubro-Negro, o arqueiro Felipe, com pelo menos quatro defesas difíceis, segurou o que pode lá atrás, se transformou num paredão e, com nota 8,5, foi escolhido o craque da 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro do Fla se tornou o quinto jogador da posição a receber o Troféu Armandinho. Antes dele, Rogério Ceni, do São Paulo, Fernando Henrique e Diego, do Ceará, e Júlio César, do Corinthians, foram premiados.

O líder Timão, Vasco e Palmeiras emplacaram dois atletas no selecionado cada. Alex, que saiu do banco de reservas para construir a jogada do gol de Liedson, recebeu nota 8,0, assim como o atacante do Alvinegro do Parque São Jorge. Alecsandro e Bernardo iniciaram o clássico carioca entre os reservas. No entanto, eles entraram no segundo tempo, deram a vitória ao Gigante da Colina sobre o Flu e também foram avaliados com nota 8,0. Por fim, Marcos Assunção provou mais uma vez que é o termômetro do Verdão. Seu gol de falta garantiu o triunfo sobre o São Paulo e a presença entre os melhores da mesma forma que seu companheiro Cicinho, ambos com nota 7,0.

Vale lembrar que a seleção do campeonato é montada após a apuração das médias de todos os jogadores que disputaram ao menos 13 partidas no Brasileirão. Os autores das notas são sempre os comentaristas do SporTV e repórteres do GLOBOESPORTE.COM

campinho Seleção da rodada 37 (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GOLEIRO

Quatro defesas difíceis levaram Felipe ao posto de craque da 37ª rodada. O arqueiro do Flamengo fechou o gol diante do Internacional e merecidamente foi avaliado com nota 8,5. Por meio ponto, Marcelo Lomba, do Bahia, ficou atrás do camisa 1 rubro-negro, mas se destacou no empate do Bahia com o Santos. Fábio, do Cruzeiro, com nota 7,5, e Vanderlei, do Coritiba, com nota 7,0 também merecem ser citados.

LATERAL-DIREITO

Numa rodada onde os jogadores da posição pouco se destacaram, Cicinho, do Palmeiras, sobressaiu. Eficiente na marcação, com sete desarmes, e 29 passes certos, o lateral do Palmeiras dificultou as investidas do São Paulo pelo setor e recebeu nota 7,0, sendo eleito o melhor da posição no fim de semana. Avaliados com nota 6,5, Marcos, do Bahia, Danilo, do Santos, Jonas, do Coritiba, e Bruno, do Figueirense, também merecem destaque.

ZAGUEIROS

Jéci decidiu a vitória do Coritiba por 1 a 0 sobre o Avaí, no Couto Pereira, com um belo gol de cabeça. Das três finalizações que teve no jogo, o beque coxa branca usou a cabeça em todas e, em uma delas, balançou a rede. Pelo aproveitamento e segurança na retaguarda alviverde, o xerife ganhou nota 8,0. Seu companheiro é Titi, do Bahia. O grandalhão não deixou o veloz ataque do Santos, formado por Neymar e Borges, se criar em plena Vila Belmiro e, ao lado de Paulo Miranda, mostrou segurança na defesa do Esquadrão de Aço, recebendo também a nota 8,0. Dedé, do Vasco, Henrique, do Palmeiras, e a dupla de zaga do Ceará, formada por Daniel Marques e Fabrício, tiveram suas respectivas importâncias nas vitórias de suas equipes.

LATERAL-ESQUERDO

Apesar do rebaixamento, o América-MG segue honrando a camisa e dificultando para os adversários. Até mesmo o líder Corinthians sentiu na pele a força do Coelhão. Nesta rodada, quem caiu na arapuca da equipe mineira foi o Atlético-PR, que perdeu por 2 a 1. E graças ao gol de Gilson, a equipe mineira somou três pontos. Pelo gol da vitória, o lateral-esquerdo recebeu nota 7,0 e assumiu a posição na seleção da 37ª rodada. Os demais destaques foram Ávine, do Bahia, Fábio Santos, do Corinthians, Gerley, do Palmeiras, Jumar, do Vasco, e Eusébio, do Ceará.

VOLANTE

Líder nas estatísticas de cobranças de faltas do campeonato, com 78 tentativas, Marcos Assunção ampliou sua porcentagem de aproveitmento nesta 37ª rodada e se garantiu entre os melhores. O volante, que agora tem oito gols de falta na competição, deu a vitória ao Verdão sobre o rival São Paulo, neste domingo, e ganhou nota 7,0 por sua atuação. Paulinho, do Corinthians, Arouca, do Santos, Léo Gago, do Coritiba, e Pierre, do Atlético-MG, foram outros que não decpcionaram.

MEIAS

Alex, do Corinthians, e Bernardo, do Vasco, saíram do banco de reservas para brilhar. Contra o Figueirense, o canhoto fez a jogada magistral para o gol de Liedson, que deu a vitória do Corinthians, em Florianópolis. Enquanto no Engenhão, após jogada de Alecsandro, o jovem rebelde precisou de duas tentativas para vencer o goleiro Diego Cavalieri e manter o Vasco na briga pelo título do Brasileirão após o triunfo por 2 a 1 sobre o Fluminense. A nota 8,0 coube muito bem aos dois, que são titulares absolutos na seleção da 37ª rodada. Os demais destaques foram Diego Souza, também do Vasco, Rafinha, do Coritiba, Montillo, do Cruzeiro, e Deco, do Fluminense.

ATACANTES

Se Liedson deixou os torcedores do Corinthians comemorando o título brasileiro, com uma rodada de antecedência, aos 45 minutos, Alecsandro jogou um balde de água fria nos paulistas e reascendeu a esperança cruz-maltina para a última rodada. O atacante do Timão marcou o gol da vitória sobre o Figueirense, enquanto o centroavante do Vasco saiu do banco de reservas para deixar sua marca e colocar Bernardo na cara do gol para anotar o segundo tento sobre o Fluminense, no triunfo por 2 a 1, no Engenhão. Pelo conjunto da obra, a nota 8,0 coube muito bem aos dois avantes. Os dois gols - o último um golaço, encobrindo Jefferson - sobre o Botafogo, na goleada do Atlético-MG por 4 a 0, em Sete Lagoas-MG, também garantiram André, com nota 7,5, na linha de frente dos melhores do fim de semana. Merecem destaque Wellington Nem, do Figueirense, Emerson, do Corinthians, Osvaldo, do Ceará, Fred, do Fluminense, e Neymar, do Santos.

 

Pacotão da Rodada #37 (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)

—————

Voltar