EMPRESARIO BATE DE CINTA EM AMANTE DA ESPOSA

15/10/2011 10:38

Um caso extraconjugal terminou com o amante levando uma surra de cinta do marido traído, na última terça-feira (11), em Maringá.

A história teve início quando o empresário de 39 anos, desconfiado da esposa de 34 anos fez com que relatasse se ela estava tendo um caso com o contador da empresa. Arrependida do ato e pensando nos filhos, a mulher teria confessado a traição, quando então o marido começou a ameaçar o contador - logo depois, o contador parou de prestar serviços à empresa.

No dia 12 de setembro, o contador de 43 anos, residente no Jardim Copacabana em Maringá, registrou um boletim de ocorrência contra o empresário maringaense por receber ameaças de morte.

Um dia depois do registro da ocorrência, o empresário voltou a procurar o contador e, não encontrando-o, teria dito que o mataria. Ainda segundo a polícia, o empresário teria começado a ligar com frequência para a casa do contador, dando continuidade às ameaças.

Na última terça-feira, os rivais amorosos casualmente se encontraram em uma rua no Jardim Quebec, por volta das 16h30. O empresário dirigia uma camionete e teria atirado o carro contra o Celta do contador, que saía de um bar na ocasião. A intenção, segundo ele, era parar o rival, que desceu do veículo.

O empresário, tomado pela raiva, deu uma surra de cinta no contador na rua, diante de dezenas de pessoas, que aplaudiram o feito. Registrando nova denúncia contra o empresário, este foi chamado pela polícia e alegou que guardava grande mágoa do contador "por se aproveitar da ingenuidade de sua esposa", e não teve dúvidas ao dar as cintadas no homem. "Foi para dar-lhe uma lição para aprender a respeitar a mulher do próximo", contou o empresário.

O empresário perdoou a esposa pelo caso extraconjugal e garantiu à polícia que não fará mais nada de mal ao contador.

 

Fonte: O Diario - Maringa

—————

Voltar