DELEGACIA DE MARILUZ PODE FECHAR POR FALTA DE EFETIVO POLICIAL

14/10/2011 13:26

Moradores do município de Mariluz podem ficar sem delegacia, devido à falta de policiais para trabalhar e desenvolver os trabalhos de investigação. A unidade era cuidada por dois funcionários que foram cedidos pela Prefeitura, mas o problema é que um deles pediu demissão e o único servidor que trabalha na delegacia disse estar descontente com o salário.


Devido à falta de funcionários, os detentos foram transferidos para a Delegacia de Cruzeiro do Oeste, alternativa essa que não agradou familiares de presos. O delegado de Cruzeiro do Oeste Hélio Nunes Pires, que responde pela delegacia em Mariluz, alegou que a comunidade continuará sendo atendida normalmente, mesmo que o setor administrativo fique concentrado em Cruzeiro do Oeste.


De acordo com o delegado a falta de efetivo próprio atinge várias cidades da região, mas isso não estaria refletindo na situação do município. “Antes os responsáveis pela delegacia eram delegado nomeados, mas essas contratações não foram feitas em outros governos”, disse Pires.

 

Fonte: Portal Umuarama

 

—————

Voltar