ASSALTANTES DE ÔNIBUS SÃO PRESOS EM FLAGRANTE EM PEABIRU

29/10/2011 11:48

 

      A tentativa de assalto a um ônibus de turismo terminou com a prisão de três assaltantes neste sábado (29), na PR-317, próximo de Peabiru (a 76Km de Maringá). A Polícia Rodoviária Estadual, que registrou a ocorrência, procurava um quarto integrante da quadrilha que conseguiu fugir. As prisões tiveram o apoio da P-2, polícia reservada do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá.

 

Segundo o capitão da Polícia Rodoviária Estadual, Ademar Paschoal, o ônibus com 45 passageiros vinha do bairro Brás, São Paulo, para Foz do Iguaçu. Dois assaltantes estavam infiltrados entre os passageiros e outros dois seguiam o ônibus em um carro. Nas proximidades de Peabiru, um dos assaltantes munido de um revólver foi à cabine do motorista dizendo que queria fumar. Logo deu voz de assalto, mas o auxiliar do motorista reagiu e entrou em luta corporal com o assaltante que foi dominado. Na luta, o auxiliar segurou o carregador da arma e conseguiu evitar disparos. Ninguém se feriu.

 

Os passageiros ouviram gritos na cabine e ajudaram a dominar o assaltante. O outro assaltante que estava no ônibus, sem portar arma, não se manifestou. Logo após o incidente no interior da cabine, um carro com outros dois integrantes da quadrilha tentou abordar o ônibus, mas não obteve êxito e fugiu pela rodovia. O ônibus seguiu até o posto da Polícia Rodoviária Estadual de Peabiru onde pediu ajuda. Os policiais efetuaram a prisão do assaltante e identificaram o outro que se manteve quieto entre os passageiros.

 

Com a fuga dos outros dois assaltantes que seguiam no carro, a Polícia Rodoviária Estadual solicitou a ajuda da P-2 que prendeu o terceiro integrante da quadrilha na casa dele, em Mamborê. Na residência foram encontradas mais duas armas de fogo.

 

O quarto assaltante conseguiu fugir com a ajuda da esposa. Quando a viatura da Polícia Rodoviária chegou a casa dele, observou que uma mulher – a esposa do assaltante – estava na rua e, ao ver a viatura, efetuou uma ligação pelo celular, provavelmente para avisar o marido. O assaltante foi identificado e até o final da manhã deste sábado ainda estava sendo procurado. Pelo fato de as buscas estarem em andamento, a Polícia Rodoviária Estadual não informou os nomes dos assaltantes.

 

Fonte: itribuna

 
 

 

—————

Voltar