ADMINISTRADORA DE EMPRESA DE SEGURANÇA RESIDENCIAL ASSALTAVA CLIENTES EM MAMBORÊ

21/12/2011 09:12

 

A administradora de uma empresa de segurança que atua em Mamborê, no norte do Paraná, foi flagrada roubando a casa de uma cliente. Em duas semanas, ela levou R$1.200. Para prender a autora dos roubos, a dona da casa e a polícia armaram um flagrante com auxílio de uma câmera.

 

Em uma delas, é possível ver a administradora pegando algumas notas de dentro da bolsa da dona da casa, Claudina Casteli. Em outras imagens, quando a família havia saído, ela aparece entrando na casa e mexendo em algumas gavetas. A administradora acessava facilmente a casa, porque como integrante da empresa de segurança contratada pela família tinha a chave do portão, das portas e o código do alarme.

 

Segundo Casteli, há um ano ela começou a sentir falta de pequenos valores. E a desconfiança acabou caindo sobre funcionários da casa que foram despedidos. As demissões, entretanto, não deram fim ao sumiço do dinheiro. Para descobrir o que realmente estava acontecendo, a família mandou instalar uma pequena câmera na cozinha, bem em frente onde normalmente Casteli deixava a bolsa.

 

Com as imagens nas mãos, a família acionou a polícia. Na segunda-feira (19) a administradora visitou a casa de Casteli e, novamente, ao ficar sozinha, pegou R$ 300 da bolsa. Desta vez, ela escondeu o dinheiro embaixo da saia. A polícia, que acompanhava de longe a ação, prendeu a mulher em flagrante. As notas encontradas com ela tinham o mesmo número de série da cópia que a dona da casa havia feito.

 

A advogada da administradora afirmou que vai pedir a liberdade provisória da cliente.

 

Vejas as imagens da câmera instalada na reportagem do ParanáTV 1ª edição, da RPC TV Maringá.

 

—————

Voltar